Redação
Cotidiano » redacao
Agência Nacional de Águas mapeia Rio Paraíba do Sul
Atlas mostra cidades que mais despejam esgoto sem tratamento no meio ambiente no Sul do Rio.
Publicada em 02/10/2017, 11h17

A agência Nacional de Águas realizou um mapeamento do Rio Paraíba do Sul — responsável pelo abastecimento de quase 1 milhão de pessoas no Sul do Rio. O resultado do estudo não foi muito positivo.

Foi constatado que o Paraíba do Sul é o rio mais afetado pelo despejo de resíduos como dejetos de casas e indústrias sem nenhum tipo de tratamento, o que afeta diretamente a qualidade da água. Como consequência desse despejo em áreas urbanas, a saúde da população é afetada e também a captação da água.

De acordo com a pesquisa da ANA, Pinheiral, RJ, é a cidade que mais polui no Sul do Rio. São 93,3% do esgoto jogado sem tratamento direto no rio. Em seguida, Barra Mansa, com 90% e Paraíba do Sul, com pouco mais de 86%.

Entre as cidades que mais tratam o esgoto no Sul do Rio estão Rio das Flores, com 62,3%, Resende com 59,4% e Volta Redonda com 42,6% do esgoto tratado.

Segundo José de Arimathéa, presidente do comitê da bacia do Médio Paraíba — que representa todas as cidades da região — o desafio para reduzir o despejo de esgoto sem tratamento nas águas do Paraíba do Sul é grande.

“O Paraíba do Sul recebe cerca de 1 bilhão de litros de esgoto por dia. E a gente para enfrentar isso é com investimento grande, que precisa ser feito através dos municípios. Estamos trazendo as universidades para ajudar a fazer estudos e a partir daí, a gente ter uma base de dados científicos e técnicos para tomada de decisão dos gestores e consequentemente buscar os recursos que a gente tanto precisa”.

 

fonte:G1

Comentários
Publicidade
Mais lidas de Cotidiano
Newsletter
Receba nossas novidades por e-mail