Próxima
Redação
Mundo » DiegoPatrick
Estados Unidos anunciam redução dos gases de efeito estufa até 2025
Compromisso ocorreu durante a Convenção Quadro da ONU sobre as Alterações Climáticas.
01/04/2015, 11h03- Atualizado em 25/01/2016, 05h32
Estados Unidos anunciam redução dos gases de efeito estufa em convenção da ONU (Reprodução)

Os Estados Unidos assumiram ontem (31), perante a Organização das Nações Unidas (ONU), o compromisso de reduzir até 2025 as emissões de gases de efeito estufa (GEE) entre 26% e 28%, em relação aos níveis de 2005. O compromisso ocorreu durante a Convenção Quadro da ONU sobre as Alterações Climáticas (UNFCCC, sigla em inglês).

O país é segundo maior emissor de GEE do mundo. Em primeiro está a China. Com a posição manifestada, os Estados Unidos poderão influenciar para um acordo sobre o clima na Conferência Mundial que vai ocorrer em Paris, em dezembro.

O representante do governo norte-americano para Mudanças Climáticas, Brian Desse, também pediu que os demais países assumam “compromissos mais ambiciosos” para chegar a um consenso global sobre as alterações climáticas,durante a conferência.

“O objetivo dos Estados Unidos é ambicioso, mas é  alcançável, porque temos as ferramentas de que precisamos para consegui-lo”, afirmou o assessor do presidente Barack Obama.

A meta implica a duplicação do objetivo de redução das emissões previsto, para os Estados Unidos, entre 2005 e 2020, no acordo celebrado em novembro por Obama e o presidente da China, Xi Jinping.

Por enquanto, 32 países apresentaram à UNFCCC  seus objetivos de redução de emissões, como os Estados Unidos, o México, os 28 Estados-Membros da União Europeia, a Noruega e Suíça.

A Casa Branca destacou, em particular, a contribuição mexicana que, na sexta-feira, também assumiu o compromisso de reduzir em 25% as emissões de GEE previstas para 2030, convertendo-se na primeira economia emergente a entregar o seu plano à ONU, segundo Deese.

Comentários
Publicidade
Newsletter
Receba nossas novidades por e-mail