Redação
Cotidiano » FredNogueira
Mais de 20 restaurantes participam do Serra Wine Week, em Petrópolis
Evento que oferece vinhos a preços promocionais começa nesta quinta, dia 10.
Publicada em 10/07/2014, 11h00
De acordo com o sommelier Bruno Hahn, os rótulos convocados levaram em conta a relação custo/benefício (Divulgação)

Com o tema Campeões do Mundo, a 6ª edição do maior festival de vinhos da Região Serrana, o Serra Wine Week, começa nesta quinta-feira e conta com vinhos de oito países diferentes (Alemanha, Itália, França, Espanha, Inglaterra, Uruguai, Brasil e Argentina). Entre os dias 10 e 20 de julho, o público pode degustar rótulos de alta qualidade a preços promocionais, em mais de 20 estabelecimentos espalhados pela cidade.

A convocação dos vinhos foi feita pelos sommeliers Gaspar Vianna, Marcos Toneli, Bruno Hahn e Eduardo Leite. Foram escolhidos o francês Châteu Bois Pertuis; o italiano Fantini Montepulciano d’Abruzzo DOC; o alemão, Riesiling Trocken, além do Altos Las Hormigas Malbec Clásico, da Argentina; o Garzón Tannat, do Uruguai; o Marqués de Murrieta Reserva, da Espanha; e o Porto Krhon Embaixador Ruby, de Portugal, foi selecionado para representar a Inglaterra, uma vez que, foram os ingleses os responsáveis por enaltecer este vinho. Já o espumante brasileiro, foi ó último a ser convocado e será representado pelo Terra Nova Brut.

De acordo com o sommelier Bruno Hahn, os rótulos convocados levaram em conta a relação custo/benefício. “Procuramos colocar na carta de vinhos, aqueles que atendam a todos os tipos de culinária e cliente”, disse. Para ele, o rótulo italiano surpreendeu pela qualidade e o preço. “É um vinho totalmente macio e muito agradável”, disse. Já o Tannat Uruguai, segundo o sommelier, é diferente e fácil de beber. Enquanto o espanhol é um dos mais sofisticados para Bruno. “Todos eles são de excelente qualidade”, declarou.

Sobre o evento, Bruno acredita que ele aproxima os clientes dos restaurantes. “Por meio do Serra Wine Week, conseguimos apresentar novas opções de rótulos. Então, para quem gosta de vinho acaba sendo uma oportunidade. Sem contar que tem tudo a ver com o inverno e com a serra”, afirmou.

Já Gaspar Vianna explicou sobre o vinho alemão: “A Alemanha se notabiliza pelos vinhos brancos, em especial os que são feitos com a uva Riesling”, comentou. Ele destacou ainda que foram apresentados vinhos de regiões vinícolas famosas. “Nossa escolha reuniu uvas clássicas e produtores respeitáveis”, acrescentou.

Sérgio Esteves, da World Wine, importadora que fornece os rótulos esse ano, disse que os vinhos escolhidos são os que possuem maior representatividade no portfólio da empresa. “Todos eles são de marcas bem conhecidas no mercado e possuem excelência e qualidade. Eles estarão disponíveis durante o evento com preços de catálogo”, contou ele, ressaltando que a importadora trabalha com 2.780 rótulos. A lista com os restaurantes participantes está no site www.serrawineweek.com.br.
 

Comentários
Publicidade
Mais lidas de Cotidiano
Newsletter
Receba nossas novidades por e-mail